Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Como começar uma dieta e não desistir dela

A decisão de começar uma dieta na maioria das vezes vem acompanhada de bastante entusiasmo. Mas nem sempre esse mesmo entusiasmo persiste até o final. Isso faz com que a maioria das pessoas desista no meio do caminho.

Quantas vezes você já começou uma dieta e parou pouco tempo depois? Saiba que pequenas mudanças de atitude podem resolver essa questão e tornar a dieta um desafio prazeroso. Acompanhe 10 dicas que vão te ajudar a manter o foco:

1# A escolha da dieta certa

Escolha uma dieta que pode ajudá-la a alcançar seus objetivos com mais facilidades. Ou seja, que contenha alimentos de seu agrado. Isso aumenta consideravelmente as chances de sucesso. Como seria possível fazer a dieta da sopa, por exemplo, se você não gosta de sopa? Se fizer com acompanhamento profissional, com certeza terá uma dose extra de motivação.

2# Defina seus objetivos

Defina qual o seu objetivo com a dieta. Pessoas não ganham peso do dia para a noite e também não perdem dessa forma. Portanto, seja realista quanto ao seu corpo e seus limites. Emagrecer é um processo que exige paciência.

3# Estabeleça metas

Estabeleça metas a curto prazo, já que são mais fáceis de alcançar e te mantém motivada. A médio prazo, permitem melhor avaliação do que ainda precisa ser modificado. A longo prazo, garantem que após atingir seu objetivo, vai conseguir manter o resultado. 

4# Faça um diário

Anote tudo o que consumir durante o dia. Essa é a forma mais fácil de identificarmos erros alimentares, assim, também conseguiremos perceber nosso progresso rumo ao objetivo traçado.

5# Não permita que um deslize a faça enfiar o pé na jaca

Exagerou em uma refeição? Ou num dia inteiro? Não se desespere! Essa situação é muito comum e você não deve permitir que ela te desmotive. Em vez de achar que sua dieta foi por água abaixo e enfiar o pé na jaca de vez, que tal recomeçá-la na próxima refeição ou no dia seguinte?

6# Respeite o momento da refeição

Aprender a entender quando estamos com fome e quando estamos saciados é fundamental para um consumo alimentar adequado. Respeite o momento da refeição, coma com a televisão desligada e sem usar o celular, aprecie os alimentos em seu prato, mastigue bem. Prestar atenção à refeição garante que o nosso consumo seja mais adequado.

7# Mantenha as tentações fora do alcance

Evite manter na dispensa da sua casa alimentos que não agregam valor nutricional e ainda te fazem perder o foco da dieta. Se não os tivermos, não teremos que resistir a eles. Em contrapartida, tenha substitutos saudáveis e compatíveis com a dieta que vão suprir sua necessidade em alguns momentos mais difíceis.

8# Ter companhia

Ter uma companhia para seguir com a dieta pode torna-la mais fácil (quando outras pessoas também estão comprometidas com o processo de mudança de hábitos, as opções se tornam mais adequadas) e mais prazerosa (qualquer tipo de alimentação se torna mais prazerosa quando estamos em boa companhia).

9# Restrição demais gera compulsão

Não seja tão rigorosa com você mesma. Se restringimos tudo o que gostamos, a alimentação deixa de ser prazerosa. Se restringimos quantidade demais em relação à nossa necessidade diária, fica mais difícil controlar os momentos de compulsão. Se permita tomar uma taça de vinho no jantar com o marido, comer um pedacinho de chocolate amargo de tarde, qualquer coisa que te proporcione prazer, porém, com moderação.

10# Pratique atividade física

Com certeza ela vai te ajudar a continuar no caminho certo. Além de te manter ocupada, ou seja, com menos tempo para ficar pensando apenas no que comer, a atividade física favorece a perda de peso, proporciona sensação de bem estar, te mantém motivada a ponto de te fazer pensar duas vezes antes de sair da dieta. Então não deixe de praticá-la!

Ainda sem comentários.

O que você pensa?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *