Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

O que Jane Austen teria a dizer sobre o amor, a felicidade e o casamento

Não é mais uma verdade universalmente conhecida que “um homem solteiro, possuidor de sólida fortuna, deve estar necessitado de uma esposa”, mas muitos dos pensamentos de Jane Austen, que, entre outros livros incríveis, escreveu Orgulho e Preconceito, continuam relevantes na contemporaneidade.

Selecionamos algumas das melhores frases da romancista sobre os seguintes tópicos – amor, casamento, felicidade e tristeza, virtude e defeitos, beleza, e música e leitura.

SOBRE O AMOR

“Certamente não existem tantos homens de grande fortuna quanto existem belas damas para merecê-los”, Mansfield Park

“Nenhum homem se ofende quando outro homem admira a mulher que ele ama; apenas a mulher pode fazer disso um tormento”, A Abadia de Northanger

“Uma ligeira preferência é bastante natural, mas são pouquíssimos os que têm coragem o bastante para amar sem receber algo em troca”, Orgulho e Preconceito

“Uma felicidade duradoura jamais pertenceria a um casal que só se unira porque as suas paixões eram mais fortes do que as suas virtudes”, Orgulho e Preconceito

“As mulheres superestimam facilmente a admiração dos homens, e os homens fazem de tudo para mantê-las nessa ilusão”, Orgulho e Preconceito

“Não são o tempo nem a oportunidade que determinam a confiança; somente a índole o faz”, Razão e Sensibilidade

“Um segundo interesse quase nunca traz consequências sérias; contra isso, nada tenho a dizer. Preserve-se de um primeiro amor e não precisará temer o segundo”, Juvenilia

SOBRE O CASAMENTO

“A imaginação das mulheres é terrivelmente veloz; salta da admiração para o amor, e do amor para o casamento em um instante”, Orgulho e Preconceito

“Quando se vive em sociedade, um homem ou uma mulher casar-se por dinheiro é usual demais para chocar alguém como deveria”, Persuasão

“A felicidade no casamento é apenas uma questão de sorte. Mesmo que os noivos tenham de antemão conhecimento das tendências um do outro, e que estas sejam perfeitamente semelhantes, sua felicidade posterior não estará garantida”, Orgulho e Preconceito

SOBRE A FELICIDADE OU A TRISTEZA

“Metade do mundo não consegue entender os prazeres da outra metade”, Emma

“Eu desejo, como todos os mortais, ser perfeitamente feliz; mas, como todos os mortais, quero ser feliz à minha maneira”, Razão e Sensibilidade

“Deixemos que outras penas se detenham na culpa e na infelicidade. Eu abandono esses tópicos odiosos tão depressa quanto posso, impaciente por restaurar todas as pessoas – nenhuma delas tendo incorrido em grande deslize – ao mais tolerável conforto, e deixar de lado tudo mais”, Mansfield Park

SOBRE A VIRTUDE OU OS DEFEITOS

“Pode-se confiar mais na sinceridade daqueles que às vezes agem ou dizem alguma coisa inconsequente ou afoita do que naqueles cuja presença de espírito jamais se altera, cuja língua nunca escorrega”, Persuasão

“Ser despretensiosa era tudo o que uma jovem bonita podia desejar para que seu espírito fosse tão cativante quanto sua pessoa”, Razão e Sensibilidade

“A candura afetada é bastante comum, e encontra-se por toda a parte. Somente você tem a capacidade de ser cândida sem ostentação ou artifício, ver o lado bom de todos, torná-lo ainda melhor e ignorar o que há de ruim”, Orgulho e Preconceito

“Quando os exageros românticos de um espírito jovem são forçados a ceder, com grande frequência são substituídos meramente por opiniões demasiado comuns ou perigosas”, Razão e Sensibilidade

“Como todas as qualidades morais, a firmeza de caráter deve ter proporções e limites. Às vezes, um temperamento dócil promove mais felicidade do que uma índole determinada em excesso”, Persuasão

SOBRE A BELEZA

“Acontece algumas vezes que uma mulher seja mais bela aos 29 anos do que era dez anos antes”, Persuasão

“Raro é qualquer defeito físico que modos agradáveis não façam, aos poucos, passar para segundo plano“, Persuasão

“Uma mulher se embeleza para satisfazer a si mesma, embora homem algum vá admirá-la mais por isso e mulher alguma vá gostar mais dela”, A Abadia de Northanger

SOBRE A MÚSICA E A LEITURA

“Gostaria de saber quem descobriu a eficácia da poesia para destruir o amor”, Orgulho e Preconceito

“A pessoa que não sente prazer ao ler um bom livro, seja um cavalheiro ou uma dama, só pode ser intoleravelmente estúpida“, A Abadia de Northanger

 “Eu não vivo sem música, absolutamente. Para mim, é uma necessidade vital”, Emma

“Da minha parte, se um livro for bem escrito, sempre o acho curto demais“, Juvenilia

Ainda sem comentários.

O que você pensa?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *